PDJ Show 05: JoyMasher fala sobre carreira, desenvolvimento do Oniken e Odallus, cenário indie e muito mais!

Olá!

Seja muito bem-vindo ao quinto episódio do Produção de Jogos Show!

No PDJ Show eu vou entrevistar desenvolvedores de jogos com dois objetivos em mente:

  1. Tentar extrair as melhores dicas para você, que também quer criar jogos;
  2. Entender melhor a história que cada desenvolvedor de jogos passa, para você saber que não está sozinho nessa jornada.

Essas entrevistas acontecerão em dois blocos. No primeiro bloco, disponível gratuitamente no Youtube e futuramente no iTunes (como podcast), você vai ficar sabendo a história do desenvolvedor e detalhes sobre a produção do jogo.

Na segunda parte, exclusiva para assinantes do Produção de Jogos Academy*, o entrevistado vai entrar a fundo em detalhes do desenvolvimento do jogo, falar sua visão sobre o mercado independente de jogos e responder a diversas perguntas enviadas pelos nossos assinantes.

A entrevista de hoje é com Thais Weiller e Danilo dias, da JoyMasher, o estúdio indie brasileiro que desenvolveu um dos poucos jogos totalmente retros disponíveis no mercado: o Oniken.

O jogo é uma homenagem aos anos 80, e promete levar seus jogadores a uma viagem de volta no tempo com seu enredo, trilha, gráficos e nível de dificuldade.

Veja como foi o nosso papo:

Entrevista com Danilo Dias e Thais Weiller

 

Nesta entrevista você vai saber mais sobre:

  • 1:55 – Saindo da arquitetura para o mercado de jogos – o início de Danilo Dias no setor, e como ele resgatou um projeto antigo chamado Oniken
  • 3:54 – Como o Oniken possibilitou grandes mudanças para Danilo Dias
  • 4:17 – A transição de Thais Weiller – do Design de Moda para o Design de Games
  • 6:02 – Os planos para a Joymasher
  • 9:50 – O começo oficial da Joymasher – como o game Oniken lançou uma empresa (ao invés de a empresa lançar o game)
  • 10:16 – O momento em que Thais e Danilo perceberam que “dá para trabalhar só com jogos!”
  • 13:11 – Porque Danilo resolveu resgatar o projeto Oniken e levá-lo até o fim
  • 14:58 – “Eu achava que não dava pra viver disso” (Danilo Dias) – Como Danilo, Thais e Marco decidiram fundar a Joymasher, e viram que a indústria de games tem futuro
  • 15:38 – O crescimento de um nicho que quer mais jogos 8 bits
  • 16:25 – Um conselho extremamente importante de Raphael Dias e Thais Weiller
  • 17:06 – Concorrentes ou Companheiros de Trabalho – Onde se situam os desenvolvedores indie na indústria de games, e como eles enxergam uns aos outros
  • 19:52 – As maiores dificuldades que te impedem de começar ou terminar um jogo – e como vencê-las
  • 20:59 – O que Danilo e Thais recomendam para quem está começando na indústria
  • 23:50 – Erros: algo bom ou algo ruim ?
  • 24:30 – Falando do Oniken – a história do jogo de ação e uma homenagem aos anos 80
  • 26:40 – No que os jogos da Joymasher diferem de outros jogos retro, ou que usam pixel art
  • 27:29 – Como apresentar uma dificuldade justa – A busca do equilíbrio entre um jogo “de fliperama” (extremamente difícil) e um jogo para distribuição
  • 30:32 – A principal diferença entre os jogos da Joymasher e jogos mobile
  • 32:21 – As plataformas para o Oniken – e onde comprar
  • 34:15 – Como publicar um jogo em plataformas como Desura e Steam
  • 39:03 – GDC 2015 – como o evento funciona e o que oferece ao público
  • 41:58 – Sobre o Odallus – pré-venda e perspectiva de lançamento

Como pode ver, falamos sobre muitas coisas interessantes sobre a transição de carreira de ambos, como descobriram a indústria de games e dos planos que têm para a JoyMasher.

Isso tudo sem contar grandes recomendações para quem quer começar ou para quem já está na indústria de games.

Acompanhe!

Reproduzir

Show Notes

Encontre abaixo, alguns links sobre jogos, empresas e plataformas citados durante a entrevista.

Equipe da Joymasher:

  • Thais Weiller
  • Danilo Dias
  • Marco Galvão

Jogos Mencionados:

Trailer Oniken:

https://www.youtube.com/watch?v=qPTIcrL6afA

Links para Downloads ou Compra do Oniken:

Links Plataformas Citadas:

Demais Links Citados:

Gostou da entrevista?

Então deixem suas dúvidas e comentários, e, se você tem Windows, Mac ou Linux, adquira o Oniken e reviva a emoção de jogar um game típico (e raro) dos anos 80!

Outra coisa, espere só mais um pouquinho que o Odallus já está chegando para Windows, mais um retro imperdível!

Enquanto isso você pode comprar o Early Access do Odallus e já ir se divertido com a versão beta! Cliquei aqui para saber mais.

Teremos muito mais Produção de Jogos Show da semana que vem, não perca!

Até mais!

  • Halisson Alves

    Excelente entrevista, acho o Oniken fantástico! Uma sacada muito legal de trazer esse estilo retrô pra um game atual. Parabéns à equipe da JoyMasher! Espero poder encontrá-los nessa caminhada 😉