Como desenvolver jogos para Nintendo Switch?

1 Flares 1 Flares ×

Desenvolver para consoles é o sonho de muitos desenvolvedores. E com o Nintendo Switch não é diferente.

Apesar de ainda ser necessário conseguir licenças e devkits especiais para desenvolver para consoles como Playstation 4, Xbox One e qualquer outro, uma grande vantagem é que as game engines que já fazem parte do arsenal dos desenvolvedores costumam também exportar para consoles.

Quais game engines então podem ser usadas para criar jogos para o Nintendo Switch?

Continue lendo este artigo para saber quais game engines suportam desenvolvimento para o Nintendo Switch.

O que é Nintendo Switch?

Nintendo Switch é um console híbrido que permite ao jogador ter a experiência nos jogos de três formas diferentes:

  • Conectado na TV: A forma mais comum de interagir com um console. O dispositivo fica ligado na TV e você joga com um controle sem fio;
  • Com o console em mãos: Aqui você acopla o controle na mini-tela do Nintendo Switch e pode jogar segurando todo o dispositivo com suas mãos;
  • Tela do console apoiada + controles: Você pode também apoiar a mini-tela do Nintendo Switch em alguma superfície e jogar com os controles sem fio.

Para entender melhor, dê uma olhada no vídeo demonstrativo da própria Nintendo:

Unity

A game engine responsável por games como Lara Croft: Relic Hunters, Assassins Creed: Identity e Pokemon GO, também pode ser utilizada para desenvolver games para Nintendo Switch.

Antes do lançamento do Nintendo Switch, a Unity já tinha feito uma forte parceria com a Nintendo ao ter sua game engine utilizada para desenvolver o Super Mario Run, que foi o primeiro jogo da Nintendo para smartphones.

Ter uma game engine tão popular, acessível e com uma forte comunidade desenvolvedora como a Unity é uma grande vantagem para todos interessados em desenvolver para Nintendo Switch.

Para conhecer mais sobre a Unity, não deixe de conferir estes artigos:

Unreal Engine

A Unreal também pode ser utilizada para desenvolver games para o console da Nintendo.

A game engine responsável por jogos como Bioshock, Batman e Borderlands, já foi utilizada até para criar um jogo exclusivo para Nintendo Switch, o Seasons of Heaven:

Se você quer saber mais sobre essa game engine, não deixe de ler esse artigo:

ESTÁ GOSTANDO DESSE ARTIGO?

Então inscreva-se para receber mais conteúdos sobre desenvolvimento de jogos e coisas que eu compartilho apenas por email!

Teremos outras game engines dando suporte no futuro?

Algumas outras game engines como a Construct 2 e a Amazon Lumberyard já expressaram interesse (em seus respectivos fóruns) em dar suporte aos desenvolvedores que querem apostar no Nintendo Switch.

Resta saber quando isso será possível. Quando (e se) isso acontecer eu vou atualizar este artigo com as novas informações!

Vale a pena desenvolver jogos para Nintendo Switch?

Nintendo Switch é um console incrivelmente interessante por combinar diversos elementos dos consoles passados da Nintendo.

Por ser possível desenvolver jogos para essa plataforma usando game engines já bem utilizadas como a Unity, Unreal Engine, entre outros programas, essa plataforma é mais um lugar para onde os desenvolvedores podem publicar seus games.

Para mais informações sobre como se tornar um desenvolvedor da Nintendo, não deixe de conferir o site oficial da empresa para desenvolvedores.

Agora eu quero saber de você…

Você tem vontade de desenvolver games para Nintendo Switch? Qual a maior vantagem desse console para quem desenvolve games?

Escreva abaixo nos comentários do post o que você pensa. Eu vou adorar saber sua opinião!

  • Fred Oliveira

    Um dos pontos que penso em relação a diferença de poder no doc e fora “que é limitado pelo uso da bateria”, é a forma de programar o mesmo jogo 2 vezes, pelo menos não será possível ter texturas iguais nas 2 configurações, pois fora do doc, pode consumir muita energia, estou prevendo que a médio prazo vamos ver os jogos saindo apenas com uma única configuração, somente jogos ada própria Nintendo com qualidade realmente diferenciada.

    A Unity e Unreal, provavelmente vai ter bibliotecas bem completas para trabalhar com isso, porém o desenvolvedor indie provavelmente terá muita dificuldade em trabalhar com esta mudança.

    Um aspecto que fico pensando, mesmo antes do anuncio de ontem, foi a capacidade limitada de espaço interno de armazenamento 32GB, como será que o console vai tratar as atualizações?
    Um exemplo é o Street Fighter 5 que no pc, já recebeu pelo menos mais de 15gb de atualizações.