O que Fazer Quando Você Pensa em Desistir de Criar Jogos

0 Flares 0 Flares ×

Quando começamos a aprender algo novo, geralmente estamos altamente motivados.

Tudo é novo e empolgante.

Cada etapa concluída é uma grande conquista que fazemos questão de comemorar.

Talvez até hoje você se lembre da primeira vez que escreveu umas linhas de código e fez um cubo se mexer na tela do computador.

Talvez se lembre como foi a primeira vez que exportou o seu projeto e viu o jogo rodando no seu próprio computador ou celular.

Normalmente estamos muito motivados no começo e não temos problemas em encarar os primeiros desafios.

Mas, o que fazer quando você já está há mais tempo na jornada e começa a se sentir desmotivado e a pensar em desistir de criar jogos?

Para te ajudar a seguir em frente, eu vou te dar 3 dicas para manter sua motivação alta e superar os desafios.

Dica #1: Lembre-se do seu propósito

Por que você começou a desenvolver jogos?

O que te fez querer aprender a criar jogos?

Talvez você tenha tido uma experiência fantástica jogando videogames durante sua infância e adolescência e hoje você queira causar este mesmo impacto na vida de outras pessoas.

Talvez você sinta que criar jogos é a sua forma de se expressar, uma maneira de colocar no mundo um pedaço do que você sente, pensa e imagina. Uma maneira única de se comunicar com o resto do mundo.

Ou talvez você tenha um prazer enorme na prática deliberada da programação, desenho, música, escrita, ou qualquer outro elemento necessário na concepção de um jogo, e achou que seria incrível aplicar este conhecimento para criar videogames.

A verdade é que não importa exatamente qual foi o motivo que fez você começar a criar jogos. O que importa é o quanto esse motivo foi especial pra você dar o primeiro passo.

Mas, se o motivo era tão especial no início, por que ele não é mais agora?

Provavelmente ele continua sendo tão especial quanto sempre foi, mas as dificuldades da jornada te fizeram esquecer disso.

Quando nos dedicamos de corpo e alma a um objetivo, ralando dia após dia, acontece algo muito curioso: nós esquecemos do nosso propósito. Esquecemos do motivo que nos fez estar batalhando tão duro no dia a dia.

Isso é comum e não fique chateado se aconteceu com você.

Não fique chateado se você sente que a paixão por desenvolvimento de games que você tinha no começo se dissolveu durante a jornada.

O que você precisa fazer é se reconectar com o seu propósito.

Lembre-se da célebre frase do filósofo Sócrates:

“Uma vida não examinada não merece ser vivida”

Não deixe que o caos do dia a dia dissolva o seu propósito.

Arrume tempo para refletir sobre qual é o seu propósito, o motivo que te fez começar a criar games e qual foi o progresso que você já fez até aqui (muito mais do que você pensa!).

Marque na sua agenda uma “reunião com você mesmo”. Tire 1 hora do seu final de semana e vá para um café, um parque ou qualquer lugar que você se sinta bem, e reflita sobre o motivo pelo qual você faz games.

Faça isso todo mês ou até mesmo toda semana se possível. Faça também sempre que ficar desmotivado.

Reflita sempre sobre o motivo pelo qual você faz o que você faz. Essa é a melhor maneira de se manter motivado e com suas ações alinhadas com seus objetivos.

Dica #2: Conheça a história de quem já chegou lá

Antes de você dar o primeiro passo no desenvolvimento de jogos (baixar uma game engine, ver um tutorial, comprar um livro…), você sonhou.

Você sonhou em fazer um jogo incrível…

Você sonhou em ter sua própria empresa de jogos…

Você sonhou em impactar pessoas com uma criação sua…

Você sonhou em trabalhar numa grande empresa de games…

… Você sonhou.

E após ter sonhado você entrou no campo de batalha e começou a aprender tudo que podia sobre desenvolvimento de games e a criar seus primeiros protótipos.

Mas, no meio do caminho, você parou de sonhar. Você só se preocupava em consertar bugs, diminuir o escopo do projeto e aprender mais e mais sobre desenvolvimento de games.

Da mesma forma que sonhar foi necessário para você começar a desenvolver jogos, sonhar também será necessário para você finalizar o desenvolvimento dos seus jogos.

Para isso, a melhor maneira é acompanhar a trajetória de quem já conquistou o que você está tentando conquistar.

Você verá que quem está no topo passou pelas mesmas dificuldades que você.

Você verá que os desenvolvedores bem-sucedidos demoraram o mesmo tempo (ou até mais!) que você está demorando para aprender determinada ferramenta.

Você verá que o caminho deles não foi fácil, mas que valeu a pena.

E isso tudo vai te fazer entender que os desafios são apenas parte da jornada.

Conhecer a história de quem teve sucesso vai te fazer entender que a maioria das pessoas não fracassam, mas desistem no meio do caminho.

Esses últimos parágrafos que você leu são os motivos que me fizeram criar o PDJ Show, onde eu entrevisto desenvolvedores de games e busco entender cada ponto da jornada deles até chegarem onde estão hoje.

Eu recomendo fortemente que você veja todas as entrevistas que eu já fiz no PDJ Show. Mas se você quer uma dica de por onde começar, aqui vai uma seleção pra você:

Ouça pelo menos um pedaço de entrevista por dia para se manter motivado. Ouça no ônibus ou no carro indo pro trabalho ou faculdade, na academia, ou um pouco antes de começar a trabalhar no seu jogo.

A injeção de motivação vai valer a pena, eu te garanto!

Dica #3: Ressignifique o que está te desmotivando

Uma poderosa ferramenta para ajudar a superar os desafios é tentar mudar o significado daquilo que está nos desmotivando.

Se você está seguro do seu propósito de criar games, te aconselho a encarar cada desafio como uma oportunidade para crescer profissionalmente.

Você está com dificuldades no código do seu jogo? Encare isso como uma oportunidade de se tornar um melhor programador.

Você está chateado por não ter conseguido muitos downloads no seu jogo? Encare isto como uma oportunidade para aprender sobre marketing e se tornar um profissional mais completo.

Você está para baixo por se dedicar muito e não conseguir terminar seus jogos? Encare isso como uma oportunidade de se tornar uma pessoa mais organizada e focada. Uma pessoa capaz de definir o escopo de um projeto e implementá-lo por completo.

Em um artigo eu até explico sobre as 4 ferramentas que um desenvolvedor indie pode utilizar para decidir qual jogo desenvolver.

A partir dessas ferramentas você pode garantir que o escopo de seu projeto estará dentro de suas habilidades. Confira abaixo:

Você está desanimado pois não sabe criar a arte necessária para os eu jogo? Este, aliás, é um mito que impede muita gente de desenvolver games e eu até falo sobre ele em um artigo:

Uma outra dica que sempre dou é que você entenda como usar as suas habilidades a seu favor para criar jogos com qualidade profissional.

Eu até falo em um outro artigo sobre um conceito bem interessante que pode te ajudar a desenvolver jogos melhores, que é a Complexidade Máxima Alcançável (CMA. Clique no link abaixo para ler (e eu recomendo que você faça isso):

Enfim. Não importa qual é o desafio que você está enfrentando agora. Assim como eu mostro no artigo que mencionei acima, você pode resignificá-lo e encará-lo como uma oportunidade de crescer como pessoa e como profissional.

São os desafios que nos tornam melhores. Não desista porque as coisas estão difíceis, opte por encontrar motivação para superá-las.

Vai valer a pena.

Assuma a responsabilidade e siga em frente!

Muitas são as razões que nos fazem querer desistir, mas é a nossa responsabilidade encontrar a motivação e as ferramentas necessárias para seguir em frente.

Aliás, a motivação é um dos fatores que impedem muitos desenvolvedores de finalizarem seus projetos de jogo.

Eu até falo sobre isso em um outro artigo, onde listo os 3 fatores que impedem as pessoas de terminar seus projetos e conto como resolvê-los. Olha só:

Para te deixar inspirado, também recomendo que confira os seguintes materiais:

E se você quer desenvolver jogos de maneira sólida e consistente, mantendo a motivação alta para superar os desafios, eu te convido a participar de uma aula online gratuita da Academia de Produção de Jogos.

Nesta aula eu vou abordar diversos assuntos sobre desenvolvimento de jogos que são pouco discutidos, como escopo de projeto, fases de produção, os maiores mitos que impedem as pessoas de criar jogos, e muito mais.

Você pode fazer a sua inscrição gratuita através deste link:

[AULA ONLINE] “As Únicas 5 ETAPAS que Você Precisa Saber para Começar a Desenvolver Jogos”

Basta clicar no link acima e reservar a sua vaga escolhendo o melhor dia e horário pra você, combinado?

Até lá!