Unreal Engine – Guia Completo para Iniciantes

1 Flares 1 Flares ×

Quando se fala em desenvolvimento de jogos, um dos programas mais lembrados por muitos gamers e desenvolvedores é a Unreal Engine, lançada pela famosa produtora e editora de jogos eletrônicos Epic Games.

E não à toa. Afinal, a game engine está por trás de famosas franquias como Unreal Tournament, BioShock, a série Chronicles do Assassin’s Creed, Batman e Borderlands, e hoje está disponível para milhares de desenvolvedores e estúdios de games do mundo inteiro para criarem seus próprios jogos de sucesso. Para ver a lista completa de jogos já desenvolvidos com o programa, clique neste link.

Mas, antes de continuar, eu preciso saber o seguinte: você sabe o que é uma game engine?

Para quem não sabe, os games são geralmente criados por meio de game engines, que servem para juntar todos os elementos de um jogo (arte, código, áudio, etc) de maneira mais fácil para os desenvolvedores.

Assim, o desenvolvedor tem à disposição não só as ferramentas para programar os scripts do projeto, como também a parte gráfica, trilha sonora detector de colisões, sistema de física, inteligência artificial, entre outros, para executar seu projeto do início ao fim.

Se você quiser saber mais sobre as funções de uma game engine e conhecer mais sobre esses programas, basta ler o artigo abaixo. Nele explicamos em detalhes o que esses softwares são capazes de fazer:

Agora, se você está curioso para saber tudo sobre a Unreal Engine, continue lendo este artigo onde falaremos sobre:

Pronto pra começar? Então, vamos lá.

O surgimento da Unreal Engine

Lançada em 1998, a Unreal Engine foi criada pela Epic Games, que em 1991 foi fundada originalmente sob o nome Potomac Computer Systems.

Até o lançamento da engine, a empresa havia desenvolvido diversos jogos sob licença shareware, modelo no qual o jogador pode utilizar alguns recursos de um software gratuitamente, podendo pagar para ter acesso ao programa ou jogo completo.

A Unreal foi utilizada pela primeira vez na criação do jogo de tiro em primeira pessoa (FPS) chamado Unreal.

Unreal game

Mas, embora seu foco inicial tenha sido na criação de jogo de tiro, ela acabou sendo utilizada depois como base para games de diversos estilos, como Deus Ex, Borderlands, Mortal Kombat X, Mirror’s Edge, Tekken 7, entre outros sucessos.

Unreal Engine: do início até a versão 4

Em sua primeira versão, a Unreal 1, o programa trazia recursos para renderizar, detectar colisões, inteligência artificial, sistema de redes e sistema de arquivos.

O que fez com que a engine se popularizasse nessa primeira versão foi seu suporte a uma linguagem para scripts, além de um sistema de cliente-servidor.

Já a Unreal 2, lançada em 2002, teve seu código de sistema de renderização reescrito, além de ter ganhado um level editor, a UnrealEd 2, e suporte para DreamCast, PlayStation 2, GameCube e Xbox. O game que marca o lançamento dessa versão é o America’s Army.

A terceira versão da game engine teve sua estreia no jogo Gears of War, em 2005. Além dos sistemas já mencionados, o programa também acrescentou suporte para PlayStation 3, Xbox 360 e Wii e ganhou uma série de efeitos gráficos e recursos devido a parcerias feitas com empresas como NVidia.

Apesar de ter acabado de lançar a Unreal Engine 3, em 2005 a Epic Games também anunciou que a Unreal Engine 4 estava em desenvolvimento desde 2003.

E mais de dez anos depois, em 19 de março de 2014, a mais recente versão do programa foi lançada, trazendo uma série de novidades interessantes, como o suporte à última geração de consoles, PCs e dispositivos Android.

Um dos maiores destaques da Unreal Engine 4 foi seu sistema de iluminação global ampliada utilizando voxel cone tracing.

Além disso, houve uma troca de algoritmo para que o programa não consuma tantos recursos do computador e prejudique seu funcionamento quando o jogo estiver rodando.

Engine gratuita para todos!

Em 2015, para a alegria de muitos desenvolvedores, a Epic Games anunciou que passaria a disponibilizar a Unreal Engine gratuitamente. Isso porque antes era cobrada uma mensalidade de US$ 19 dos desenvolvedores.

Dessa forma, é possível utilizar a game engine para fins educacionais, para arquitetura e até na criação de simulações sem pagar um centavo por isso.

O serviço apenas passa a ser pago caso o desenvolvedor lance um aplicativo no mercado e obtenha lucros com ele. Quando isso acontece, ele deve pagar 5% em royalties após os primeiros 3 mil dólares por produto e por trimestre.

Uma coisa que é importante saber que o fato de o programa ser gratuito não afeta a qualidade das ferramentas: de acordo com a Epic Games, qualquer desenvolvedor tem acesso completo aos mesmos recursos que a própria produtora tem para lançar seus jogos de sucesso.

Quais plataformas a Unreal Engine suporta

A Unreal Engine permite criar jogos praticamente para todas as plataformas: desde smartphones até consoles e aparelhos que exploram a realidade virtual. Dá uma olhada em alguns dos sistemas suportados:

  • PCs: Microsoft Windows, Linux e Mac OS
  • Dreamcast
  • GameCube
  • Wii
  • Wii U
  • Xbox
  • Xbox 360
  • Xbox One
  • PlayStation 2
  • PlayStation 3
  • Playstation 4

FIQUE ATUALIZADO!

Insira seu nome e email e receba gratuitamente as atualizações do blog!

Confira os principais recursos da Unreal Engine

Código em C++

Com um código 100% desenvolvido em C++, a Unreal Engine 4 facilita o trabalho do desenvolvedor ao pesquisar funções diretamente nos personagens e objetos do game e ao acessar as linhas de código diretamente para fazer as edições. No caso da Microsoft, o código pode ser aberto no Visual Studio.

Sistema de scripts Blueprint

Outra importante funcionalidade é o seu sistema para scripts chamado Blueprint. A partir do editor é possível prototipar e montar mecânicas do gameplay e até mesmo mudar a interface de usuário sem precisar programar uma linha de código.

A ferramenta ainda traz um debugger nativo e interativo para que o usuário possa visualizar e testar o jogo em tempo real.

Cascade VFX para efeitos especiais

Para criar efeitos especiais como fogo, fumaça, neve, poeira, entre outros, o programa conta com o editor chamado Cascade VFX, que inclui um simulador de partículas rápido e de baixo custo baseado em GPU e um sistema de colisões que interage com o buffer de profundidade.

Então, é possível controlar todos os tipos de propriedades de partículas como tamanho, cor, densidade, velocidade de queda e elasticidade.

Cinematics com a ferramenta Matinee

A Unreal também conta com um conjunto de ferramentas para criação de cinematics, que permite ao usuário controlar as cenas e dinâmicas de sequência de gameplay e filmes.

O recurso se parece bastante com os editores não-lineares presentes nos editores de vídeo e a partir dele é possível criar ações com suas cenas em detalhes, animar propriedades e produzir momentos cinematográficos para os jogos.

Inteligência Artificial

O desenvolvedor pode aplicar inteligência artificial nos personagens de seu jogo para fazer com que eles tenham movimentos mais inteligentes em relação a objetos e ao cenário do game.

Função Hot Reload

Com esta função é possível atualizar o código de seu jogo mesmo enquanto o jogo estiver rodando. A ferramenta permite que o usuário edite as linhas de código em C++ e já visualize imediatamente as mudanças feitas no jogo sem que o gameplay precise ser pausado.

Essas são só algumas das principais funcionalidades. Neste link é possível conferir em detalhes todasos recursos da Unreal Engine.

Games indie criados com a Unreal Engine

Para ter uma ideia da qualidade gráfica e das imensas possibilidades oferecidas pela Unreal Engine, basta dar uma olhada no game Shiny, criado pelo estúdio brasileiro Garage227 Studios.

Além dos gráficos, outro destaque interessante é que o game não possui nenhum conteúdo violento e é baseado nos desafios para manter a energia de um robô, que deve salvar seus outros amigos e juntar mais energia para escapar de um planeta em destruição.

Confira abaixo o trailer do game e clique neste link para assistir a entrevista com um dos desenvolvedores e diretor de arte da Garage227 Studios, Daniel Monastero:

Room 404

Criado pelo estúdio independente 3DTM, o game de terror Room 404 é um jogo de computador em primeira pessoa e traz diversos puzzles e momentos de suspense sob o cenário de um hotel abandonado.

Veja o trailer do game abaixo:

Into the Stars

Do estúdio americano Fugitive Games, Into the Stars é um dos destaques dos jogos independentes criados com a Unreal Engine 4.

E não apenas pelo seu estilo de jogo: o projeto foi criado a partir do financiamento coletivo e teve uma campanha de sucesso no Kickstarter.

Sob ataque há 10 anos, o jogador é capitão de uma nave, chamada ARK-13, e tenta impedir (pela 13ª vez, conforme o nome da nave diz) que a humanidade seja dizimada pelos inimigos.

Games famosos criados na Unreal Engine

Unreal Tournament

Unreal Tournament

Um dos primeiros e mais populares games já criados com a Unreal Engine 1, o Unreal Tournament é um FPS (jogo de tiro em primeira pessoa) lançado pela Epic Games.

Desenvolvido para competir com o Quase III Arena, o jogo é conhecido por trazer uma inteligência artificial superior, áudio envolvente e efeitos de física bem realistas.

Borderlands

Borderlands - Unreal Game Engine

Também no estilo FPS, Borderlands foi feito na Unreal Engine 3. Ele traz elementos da ficção científica e permite que os jogadores construam seus personagens.

É possível escolher entre quatro personagens, cada um com habilidades e armas diferentes, e os jogadores podem ganhar experiência ao derrotar inimigos humanos e não humanos e ao completar os desafios de cada fase.

Tekken 7

Tekken 7 game

O Tekken 7 é a primeira versão da série de games de luta criada com a Unreal Engine 4. Nesta versão, o jogo foca em batalhas de 1 para 1 e traz dois novos mecanismos para o estilo.

O game tem previsão de lançamento para fevereiro de 2017 no Japão e terá versões para arcade, Xbox One, Playstation 4 e também oferecerá suporte para o aparelho de realidade virtual da Sony, o Playstation VR.

Onde aprender sobre a Unreal Engine?

Além de cursos genéricos sobre produção de jogos, uma boa forma de começar a aprender mais sobre game engines, incluindo a Unreal, é procurar por comunidades de desenvolvedores online.

Nesses ambientes é possível encontrar tópicos com tutoriais, tirar dúvidas e fazer networking com profissionais da área.

A própria Epic Games mantém um fórum cheio de conteúdos sobre a Unreal, e o mais interessante é que ele possui seções por países, incluindo o Brasil, com tópicos em português.

O site oficial também conta com uma página Wiki, com diversas perguntas e respostas sobre a engine e desenvolvimento de jogos.

E para quem gosta de consultar o Reddit, há uma seção específica sobre o programa lá também, basta acessar este link.

Tutoriais sobre Unreal Engine

Além disso, outra forma fácil de aprender e aplicar novas técnicas é por meio de tutoriais. E a internet está cheia deles.

No site da Epic também é possível conferir uma seção apenas com esses conteúdos:

Além do site oficial, existem outras páginas com tutoriais que vale a pena dar uma olhada, confira:

Como baixar a Unreal Engine

Antes de fazer o download da Unreal Engine o usuário precisa realizar um pequeno cadastro nesta página, informando o país, nome, sobrenome, e-mail e apelido.

Depois, um botão será exibido com o link para download do software. Basta clicar e baixar a versão compatível com seu sistema operacional.

Requisitos do sistema

Apesar de conseguir exportar jogos para diversas plataformas, a Unreal Engine funciona apenas em sistemas Windows e Mac OS X, ao menos por enquanto.

Confira a seguir os requisitos mínimos e recomendados para conseguir rodar bem o programa:

Requisitos mínimos para rodar a Unreal Engine 4

Sistema Operacional: Windows 7/8 64-bit

Processador: Quad-core Intel ou AMD, 2.5 GHz ou superior

Placa de vídeo: placa gráfica compatível com DirectX 11

Memória: 8 GB RAM

Requisitos recomendados pela Epic

Recomendações de hardware da Epic Games para começar a desenvolver jogos com a Unreal Engine 4:

Sistema Operacional: Windows 7 64-bit ou Mac OS X 10.9.2 ou mais atual

 

Processador: Quad-core Intel ou AMD, 2.5 GHz ou superior

 

Placa de vídeo: NVIDIA GeForce 470 GTX ou AMD Radeon 6870 HD series card ou superior

 

Memória: 8 GB RAM

Encontrando a game engine certa para você

Quem olha os games já produzidos com a Unreal Engine pode acabar achando que apenas ela seria capaz de criar jogos de qualidade e sucesso. Mas, não é bem assim que funciona.

Ao criar o projeto de um jogo é preciso analisar não só a qualidade gráfica desejada, como também as plataformas, tamanho e estilo do jogo e a praticidade que a ferramenta oferece para outros membros da equipe trabalharem.

Se você ainda está confuso e não sabe se a Unreal Engine pode ser o melhor programa para seu jogo, dá uma olhada neste ebook grátis que eu escrevi, com tudo o que você deve considerar para escolher a melhor game engine para seu projeto:

Outro link interessante para quem já está explorando a ferramenta é esta lista, com diversos assets e starter kits para baixar e usar:

Agora eu gostaria de saber sua opinião, caro leitor:

Você ja conhecia a Unreal Engine? Qual recurso você mais acha que vale a pena neste programa?

Deixe sua resposta aqui nos comentários.

Até a próxima!

  • Andre Vasconcellos

    Não tem o software para Linux ?

  • Leandro Costa

    Raphael, na página da Unreal (https://goo.gl/zaGQYa) não especifica a placa de vídeo, diz apenas: DirectX 11 compatible graphics card. Como você concluiu que o requisito mínimo recomendado para a placa de vídeo é NVIDIA GeForce 470 GTX ou AMD Radeon 6870 HD series card ou superior? Abraço!

  • thuiskon

    Raphael, posso utilizar a placa do meu note dell, ela eh dedicada, Radeon R7 265M 2gb gddr3?