PDJ Show 25 – Quase Falências, Aceleradoras Internacionais e o Futuro da VR – A história da Imgnation Studios

O que não te mata te faz mais forte.

E ninguém sabe disso melhor que a galera da IMGNATION. A empresa que começou na faculdade enfrentou muitos desafios no começo e quase fechou as portas em algumas ocasiões.

Hoje, 9 anos após sua fundação, a IMGNATION é referência nacional em Realidade Virtual (VR), já desenvolveu projetos para NASA e Rock in Rio, participou de duas aceleradoras internacionais (uma na Malásia e outra no Vale do Silício) e está se preparando para lançar um grande jogo em VR.

Nesse PDJ Show eu tive a honra de conversar com o Orlando Fonseca Jr., co-fundador da IMGNATION, e entender melhor os bastidores da empresa e sua visão sobre o futuro da VR.

Assista a entrevista completa para saber:

  • Do desenho industrial até a ciência da computação: como Orlando entrou na área de computação e começou a fundar a empresa de jogos e animação ainda no final da faculdade
  • Iniciando a empresa de games: como a Imgnation uniu três sócios para começar a produzir jogos e ganhar aporte de aceleradoras
  • Dos games para a realidade virtual: a criação do primeiro Dodge This
  • Aprendendo com os erros: o bug no lançamento do jogo que levou a equipe a aprimorar suas habilidades
  • Trazendo a realidade virtual para o game Dodge This
  • Sobre o prêmio na Big Festival 2016: o projeto do Monowheels VR
  • Três meses de mentoria na Malásia: o que é a Game Founders e como foi a experiência da Imgnation com a aceleradora
  • Quais os elementos fundamentais para criar um bom jogo em VR
  • As perspectivas para o mercado de realidade virtual
  • Os planos futuros da Imgnation e a data de lançamento do Monowheels

Reproduzir

Escute também pelo iTunes e se inscreva no nosso Podcast!

Clique para compartilhar as frases no Twitter:

Tweetable: “Poder fazer coisas e interagir com objetos virtuais com suas próprias mãos muda tudo” @smashrs via @ProdJogos

Tweetable: “Nós fomos tentando focar aos poucos nossa empresa na área de jogos. Há dois anos nos dedicamos totalmente para VR” @smashrs via @ProdJogos

Tweetable: “Nós passamos três meses na Malásia e tivemos mentoria de 67 profissionais da indústria no Game Founders” @smashrs via @ProdJogos

Tweetable: “A maior diferença na produção de jogos para VR está na forma de apresentar os elementos de interface” @smashrs via @ProdJogos

Links mencionados na entrevista:

Site da Imgnation

Sobre o Dodge This VR

Sobre o Games Founders

Trailer do Monowheels

Agora eu gostaria de ouvir de você, caro leitor.

Qual foi a sacada mais importante que você tirou desse episódio do PDJ Show? E, mais importante, que ação você vai tomar para implementar essa sacada no seu jogo, na sua carreira, ou na sua empresa de jogos?

Importante: Compartilhe suas ideias e sacadas dessa entrevista diretamente nos comentários abaixo.

Obrigado por assistir a entrevista e por compartilhá-la com seus amigos e colegas de trabalho.

Até o próximo PDJ Show,

Raphael Dias

  • Mifael Moraes

    Bom dia, acompanhei a entrevista, bem como eu acompanho o “universo” de noticias do VR /AR. Gostaria de saber, se entre o VR e o AR, qual você acha que vai ganhar mais mercado? Eu percebo, que os planos de VR são mais sólidos, mas também acho que as possibilidades do AR são enormes…o Que você acha disso?

    • smashrs

      Desculpa só ter visto agora! Espero que você receba notificação dessa resposta. Acho que VR vai dominar os primeiros anos, ou seja, pelos próximos 4 ou 5, mas AR deve ter um mercado muito maior que VR eventualmente. Hoje a tecnologia de AR está no ponto que VR estava há 3 anos atrás quando o Oculus Rift apareceu. Mas as duas tem muita convergência, e quando uma avança a outra vai junto. Pro consumidor final, tenho lido que AR tem um potencial muito maior que VR, mas as duas terão usos distintos até que tenhamos Mixed Reality de alta qualidade, que tu possa escolher estar em AR ou em VR, quando quiser.

  • Eduardo Gus

    Muito boa a entrevista! Qual indicação de um caminho legal(cursos, livros, engine, softwares etc) para chegar a criar um jogo utilizando realidade virtual? Obrigado!

    • smashrs

      Recomendo pesquisar sobre o Google Daydream, conseguir um Google Cardboard, uma licença free de Unity ou Unreal, e começar a tentar. Tem muita coisa no youtube já.

  • Que bacana essa bate-papo, Raphael! O Orlando era meu bixo na faculdade, gostei muito de saber mais sobre o desenvolvimento da carreira e negócios dele. Muito sucesso aos dois! 😉

    • Raphael Dias

      Valeu, Silvia! Obrigado! 🙂