9 Dicas Matadoras para Criar Jogos na Construct 2

0 Flares 0 Flares ×

construct_2-dicas

Olá pessoal, sejam bem vindos a mais um artigo sobre Construct 2. Neste texto vamos abordar um pouco sobre as melhores práticas no uso da Construct 2, mas não se engane, pois saiba que muitas delas podem ser adaptadas e aplicadas no uso de qualquer outra game engine.

Mas antes de começar, vamos responder a essas 3 perguntas:

  1. Você já teve problema com seu projeto, onde ele funcionou no seu computador e em outros dispositivos não?
  2. Você tem percebido lentidão nos seu jogos, principalmente em dispositivos móveis?
  3. Você alguma vez já perdeu todo seu trabalho por problemas no seu computador e precisou recomeçar tudo do zero?

Tenho certeza que para pelo menos uma pergunta você respondeu SIM. Então vamos conhecer algumas das melhores práticas para evitar que esses problemas voltem a acontecer.

1 – Faça backups. SEMPRE!

backup-construct-2

Nenhum hardware ou software é tão perfeito que não possam falhar e nos deixar na mão, por isso tenha sempre o costume de fazer cópias de segurança de seus projetos para não correr o risco de perder todo seu  trabalho. É essencial que você mantenha seus backups em off-site, ou seja, em computadores diferentes ou repositórios diferentes, pois se você mantiver todos eles em um único computador, e este venha a falhar, você perderá tudo.

A Construct 2 possui recursos que nos permite fazer backups automáticos, incluindo repositórios na nuvem, como Dropbox, Google Drive, One Drive e outros.

Veremos como configurar a Construct 2 para criar backups automáticos num próximo artigo aqui mesmo no Produção de Jogos.

2 – Teste em diversos dispositivos e navegadores

É altamente recomendado testar seus jogos em uma gama de diferentes navegadores.  O HTML 5 é um padrão que, em teoria, é implementado da mesma forma por todos os browsers, mas na prática, existem variações entre eles (por exemplo: em desempenho, recursos de processamento de texto, etc). Você deve instalar uma variedade de navegadores e testar com todos eles para garantir que seu jogo irá funcionar bem em todos.

Nas propriedades do projeto existe a opção Preview Browsers, onde você pode fazer a troca do navegador para rodar o seu jogo.

3- Ofereça suporte a dispositivos touchscreen

Atualmente muitos usuários utilizam para navegar na web dispositivos touchscreen sem mouse ou teclado. Se possível, você deve projetar o seu jogo para também oferecer suporte a estes dispositivos, com controles de toque na tela.

4 – Utilize os formatos de arquivos recomendados

Antes de criar suas sprites e arquivos de áudio para serem usados no seu projeto e importados pela Construct 2, você precisa saber quais são os melhores formatos para serem usados.

  • Imagens: Utilize sempre 32-bits PNG, outros formatos você pode perder a qualidade da imagem original.
  • Áudio: Dê preferencia para arquivos 16-bits WAV PCM. Esses são os famosos arquivos .wav, mas nem todos são 16 bits PCM. Ao importar para dentro do seu projeto um arquivo de áudio .wav 16-bits PCM a Construct 2 irá automaticamente converter para AAC (.m4a) e Ogg Vorbis (.ogg). Estes são os dois formatos necessários para suportar áudio em todos os navegadores.

5 – Fique atento à segurança

seguranca-construct-2

Nunca, jamais utilize nomes de usuário ou senhas nos eventos. Estes serão visíveis em texto pelo JavaScript. Usuários maliciosos serão capazes de roubar essas informações. Se você precisa se ​​conectar a algo como um banco de dados, escreva um script server-side que se comunique com um banco de dados,  e conecte-se à URL do servidor.

6 – Cuide da performance

Há uma série de melhores práticas no que diz respeito ao desempenho do jogo (garantindo que o jogo não trave). Talvez o mais importante é quando o desenvolvimento é feito para dispositivos móveis. Por isso, sempre  teste no dispositivo móvel alvo desde o início. Seu computador pode ser 10 ou 20 vezes mais rápido do que o seu dispositivo, e algo que rode bem no seu computador pode ser extremamente lento num celular ou tablet.

7 – Poupe o uso de memória

Alguns designers são tentados a projetar níveis inteiros em grandes imagens de tilesets. Este método deve ser evitado a todo custo, uma vez que isso desperdiça muita memória. Existe um post (em inglês) no blog da Scirra que detalha mais sobre este assunto.

8 – Gerencie seus projetos

Se você estiver trabalhando em uma equipe, você deve utilizar um  software de controle de versão como SVN. Ele pode mesclar as alterações e destacar as mudanças que cada pessoa fez. Há também um histórico de todas as alterações disponíveis e reversões podem ser feitas a qualquer momento. A Construct 2 salva os dados do projeto em formato XML e isto funciona muito bem para este tipo de gestão.

9 – Trabalhando sozinho

Se você estiver trabalhando em um projeto solo, é provavelmente mais fácil salvar seus projetos em um arquivo único (arquivos .capx). Mas se o projeto começar a crescer ao longo do tempo, você pode observar que a Construct 2 precisa de mais tempo para salvar e carregar projetos salvos em um arquivo único (.capx). Se você chegar a este ponto, é mais útil passar a gravar seu projeto em pastas pois este método não utiliza o processo de compressão e descompressão para .capx, e fará seu projeto carregar e salvar mais rápido.

Conclusão

Bem chagamos ao final da nossa lista de melhores práticas, mas claro que estas não são as únicas, então:

Se você conhece mais alguma boa prática que não esteja listada nesse artigo, deixe ela nos comentários para que a gente possa saber.

Nos diga se você já conhecia alguma delas e se costuma aplicá-las nos seus projetos.

E provavelmente você conhece alguma pessoa que tenha respondido SIM para pelo menos uma das perguntas do inicio do artigo, então compartilhe isso com ela! 😀

Quer mais dicas? Confira também o ebook gratuito: 12 Dicas Matadoras Para Criar Jogos na Construct 2.

Um abraço e até a próxima! Valeu!

Créditos das imagens: GotCredityusamoilov