A carreira da Artista de CELESTE e TOWERFALL, com Amora Bettany

0 Flares 0 Flares ×

Nesse episódio do podcast eu conversei com a Amora da Miniboss Studio, o estúdio responsável pela arte de alguns dos jogos indie mais conhecidos dos últimos anos, o Towerfall e o Celeste.

Se você ainda não conhece o Celeste, ele nada mais ganhou o prêmio do Melhor Jogo Indie do Ano no The Game Awards 2018. E nessa mesma premiação foi indicado como Melhor Jogo do Ano ao lado de God of War, Assassin’s Creed Odyssey, dentre outros.

Nessa conversa, a Amora conta como foi o início da carreira dela no desenvolvimento de games, como começou a parceria que resultou em Towerfall e Celeste, dá dicas para quem está começando na área de arte para games e muito mais!

Assista à entrevista completa para saber

  • Do design ao desenvolvimento de jogos: como Amora passou de trabalhos em publicidade a freelances relacionados com jogos, área que gostava desde a infância
  • Foco na arte em jogos: dando os primeiros passos no pixel art
  • Como a Miniboss ganhou destaque no mundo dos jogos após o lançamento de Out There Somewhere e ganhou prêmios com jogos criados no tempo livre
  • A experiência de lançar um jogo e lidar com feedbacks e com os comentários de jogadores como um estúdio
  • Vivendo em Londres: sobre a parceria com a Bossa Studios e a experiência de morar e trabalhar com jogos fora do país
  • Skytorn: sobre a decisão de cancelar projetos que não fazem mais sentido e se dedicar a novas iniciativas
  • Sobre o jogo Celeste: a história e repercussão do Melhor Jogo Indie 2018
  • Como aprimorar as habilidades e tentar manter-se ativo no aprendizado e aprimoramento dos jogos criados
  • Fazer faculdade, ou estudar por conta própria? As dicas para quem quer começar a criar arte para games
  • Evoluindo habilidades como artista e melhorando com feedback e a partir de experiências anteriores
  • Confira as ferramentas que Amora Bettany usa no seu dia a dia
  • Lidando com eventos, a comunidade e contatos pessoais: a importância de se adaptar e entender quando aceitar
  • Jogos que não dão certo, imprevistos e demissões: como encarar contratempos e transformá-los em combustível para fazer suas iniciativas darem certo

Reproduzir

Escute também pelo iTunes, Spotify e se inscreva no Podcast para não perder os próximos episódios!

Links selecionados desse episódio

Posts relacionados e recomendados

Agora eu gostaria de ouvir de você: Qual foi a sacada mais importante que você tirou desse episódio?

E, mais importante, que ação você vai tomar para implementar essa sacada no seu jogo, na sua carreira, ou na sua empresa de jogos?

Importante: Compartilhe suas ideias e sacadas dessa entrevista diretamente nos comentários abaixo.

Obrigado por assistir e compartilhe com seus amigos que você acha que precisam escutar esse episódio!

Até o próximo,

Raphael