Unity – Guia Completo sobre a Game Engine [2018]

0 Flares 0 Flares ×

Se você já pesquisou algo como “programas para criar jogos” ou “game engines” na internet, provavelmente encontrou muitas referências sobre Unity.

Não é à toa que ela é sempre citada quando se fala nesse assunto: segundo o site de notícias de tecnologia The Next Web, a engine domina 45% do mercado global de games.

Unity é a game engine mais usada para criar jogos

E, segundo a própria empresa desenvolvedora da ferramenta, 34% dos 1.000 maiores jogos mobile gratuitos são feitos com ela.

Essa enorme popularidade faz jus à sua capacidade: a game engine permite criar jogos em 2D ou 3D com os mais diversos estilos de gráficos e mecânicas e para diferentes plataformas. Muitos jogos famosos, como Angry Birds 2, Bad Piggies, Roller Coaster Tycoon World e até o Pokemon GO foram criados com ela.

E aí, ficou curioso para saber mais sobre a Unity? Então leia o resto deste artigo para saber:

Mas, antes de continuar…Você sabe o que é uma game engine?

O que é uma game engine

Para quem não sabe, uma game engine (ou, em português, motor de jogo), consiste em um conjunto de ferramentas capazes de facilitar o desenvolvimento de um jogo. Geralmente, esses softwares possuem desde recursos para criação de funções gráficas até opções para acrescentar física aos objetos, trilhas sonoras, entre outras ações.

Além de Unity, existem diversas outras ferramentas que permitem criar um jogo. Confira abaixo uma lista de artigos sobre algumas delas:

Aliás, eu até escrevi um ebook para ajudar os desenvolvedores a escolher a melhor ferramenta para criação de seus games. Você pode baixar ele gratuitamente no link abaixo.

Você também pode conferir mais informações sobre a game engine neste artigo aqui:

A Unity é tudo isso mesmo? Por que ela é a mais usada?

Existem diversos fatores que contribuem para que a Unity seja a engine mais lembrada e esteja entre as mais utilizadas para criar jogos para todas as plataformas: desde celulares até consoles e computadores.

Dá uma olhada a seguir nas inúmeras vantagens que a game engine oferece:

Facilidade de aprendizado

A Unity pode ser comumente a porta de entrada para desenvolvedores de jogos de primeira viagem justamente por sua facilidade de aprendizado.

Além de uma interface intuitiva, com todas as seções de scripts, colisões de objetos, assets (texturas e gráficos do jogo) e outras funções muito bem organizadas, o usuário tem à disposição uma série de tutoriais criados pela própria empresa para dar os primeiros passos na engine.

Para quem não sabe programar, por exemplo, existe até um vídeo com o passo a passo para qualquer iniciante começar a entender sobre este assunto. Dá uma olhada nesse tutorial para ter uma ideia. Você poderá conferir uma lista com os lugares para encontrar mais tutoriais ao longo dos próximos tópicos.

Muita documentação e fórum de discussões na internet

Além dos tutoriais oferecidos pela própria empresa, uma engine popular como a Unity também possibilita o acesso a diversos fóruns de discussão e documentações que podem ser encontradas facilmente na internet.

Além de ajudar no aprendizado, fica mais fácil encontrar relatos e conseguir resolver problemas comuns que podem aparecer ao longo do desenvolvimento de um jogo.

Cria/portar games para várias plataformas

Vai criar um game para celular, computador, navegadores ou consoles? Não precisa se preocupar em escolher diversas ferramentas para portar o seu game para uma plataforma desejada.

A Unity tem suporte para mais de 25 plataformas, incluindo dispositivos de Realidade Virtual.

Versão gratuita

Outro motivo para a engine ser uma das primeiras opções lembradas por desenvolvedores de jogos é a sua versão gratuita, que permite criar um game do zero sem precisar desembolsar nada.

Dessa forma, é possível começar a investir em outras versões pagas e com mais opções da engine somente depois que o usuário realmente conseguir gerar alguma receita com seu primeiro jogo, por exemplo.

Assets prontos e fáceis de encontrar

A Unity conta com uma loja própria onde usuários podem comprar e vender texturas, trilhas sonoras, gráficos, animações e diversos outros materiais necessários para o desenvolvimento de um game. Trata-se da Unity Asset Store.

E além de poder encontrar itens facilmente, gratuitos ou pagos, é possível exportar esses arquivos de maneira fácil e rápida por meio da engine, que possui um atalho direto para a loja em sua própria interface.

No Produção de Jogos nós temos um guia para quem quer aprender a utilizar a Unity Asset Store – desde como pesquisar por assets até exportá-los para dentro da game engine. Dá só uma olhada no link abaixo:

E se você quer saber onde mais pode encontrar scripts, texturas e outros itens para seu jogo, confira este artigo:

Crie jogos do Sistema Operacional que preferir

A game engine possui versões somente para PCs, sendo possível baixá-la para Windows, Mac e até Linux, que possui uma build disponível no fórum da game engine. Basta conferir se sua máquina possui os requisitos mínimos para fazer o download e começar a desenvolver.

Jogos em 2D e 3D

Quer criar um jogo 2D de plataforma? Ou um shooter em 3D? Você pode contar com Unity em ambos os casos. Para quem quer focar no estilo 2D, existe até uma seção específica no site da game engine com tudo o que é preciso para começar a esses games com o programa.

Unity 2D: Quando é uma boa escolha?

Quando escolher Unity 2D

Quando pensamos na game engine Unity a primeira coisa que vem a cabeça é a possibilidade de criar jogos 3D, mas essa plataforma também é bem completa e viável para a criação de jogos 2D. Inclusive, muitos estúdios famosos utilizam a Unity para essa finalidade, como Disney, Electronic Arts, LEGO, Nickelodeon, Square Enix, Ubisoft, Obsidian, Insomniac e Warner Bros.

Como a Unity é uma plataforma bem completa, ela é uma excelente escolha quando temos uma equipe multidisciplinar, pois permite uma melhor organização e gerenciamento do fluxo de trabalho.

Agora, se você é um produtor independente, que cuidará de praticamente todas as etapas do seu jogo, também pode ser beneficiar da flexibilidade da Unity e da economia de tempo proporcionada pelos recursos da plataforma.

Você pode ir testando seu jogo durante o processo de criação e otimizar o tempo de produção utilizando ferramentas da Asset Store, ou seja, ao invés de perder tempo desenvolvendo um asset ou terceirizando a produção, você pode baixar assets gratuitos ou comprá-los a um preço bem acessível, em alguns casos.

A seguir, conheça algumas opções de assets gratuitos que podem ajudar a dar vida ao seu jogo 2D.

Pacote de sprites

Precisa de um pacote de sprites 2D, mas está sem tempo para criá-los? Na Asset Store você pode baixar sprites para utilizar na prototipagem do seu jogo 2D. Um desses pacotes é o 2D Sprites pack, compatível com Unity 5.4.0 ou superior e disponível em: https://assetstore.unity.com/packages/essentials/asset-packs/2d-sprites-pack-73728

Recursos para animação 2D

Quer melhorar seu fluxo de trabalho de animação 2D? O Anima2D é um plugin de animação esquelética 2D que pode ajudá-lo nesse trabalho. Para usar esse plugin você precisa ter a Unity 5.x e para baixá-lo, acesse: https://assetstore.unity.com/packages/essentials/unity-anima2d-79840.

Algumas features bem interessantes desse plugin são:

  • Ossos 2D
  • Sprite para conversão de malha
  • SpriteMesh Editor
  • Pesos automáticos
  • Editor de peso
  • Cinemática inversa
  • Salvar / Carregar Poses
  • Criar máscaras de avatar
  • C # Código fonte incluído

Standard Assets

Quer começar a utilizar a Unity em seus projetos 2D, mas ainda não está familiarizado com o editor? Você pode baixar um um pacote de recursos, scripts e cenas para utilizar como modelo para seus projetos. Para baixar, acesse: https://assetstore.unity.com/packages/essentials/asset-packs/standard-assets-32351

Mas como esse pacote pode me ajudar? Alguns recursos interessantes são:

  • Controlador de personagem de 1ª e 3ª pessoa.
  • Controlador de carro e aeronaves.
  • Exemplo de cena de partículas.
  • Controlador de Rollerball.
  • Exemplo de cenário 2D de plataformas.
  • Rigs de câmera.
  • Plataformas de controle móvel prontas para serem arrastadas e soltas em suas cenas.
  • Exemplos de IA para mostrar como, a partir de uma configuração adequada, você pode trocar a entrada do usuário por uma entrada IA simples.

Mas eu consigo criar meu jogo sozinho na Unity?

Sim! Você pode criar seu jogo sozinho na Unity. Claro que precisará testar e estudar a ferramenta, conhecer seus potenciais, mas a Unity tem uma comunidade muito engajada e que poderá ajudá-lo muito neste caminho.

Um exemplo de como a Unity possibilita a criar um jogo do início ao fim sozinho é o game Tiny Bubbles, do desenvolvedor indie Stu Denman.

Segundo o desenvolvedor, a flexibilidade e o conjunto de ferramentas da Unity o ajudaram a criar um jogo inteligente, hipnotizante e viciante, com mais de 160 níveis. Confira o trailer do jogo:

E os resultados de Denman com esse jogo foram ótimos, pois ele conseguiu economizar muitos dólares utilizados plugins de ótima qualidade disponíveis na Asset Store, economizou um tempo enorme de produção utilizando uma ferramenta de localização da Unity e conseguiu vários prêmios, incluindo o Google Indie Festival, o Intel Buzz: Best Overall PC Game, o concurso Seattle Indie Games e o Mobile Games Forum Indie Showdown.

E tem um passo a passo para iniciantes?

Tem sim! O bom da Unity é que, além de ter uma comunidade bem ativa, a própria empresa tem uma série de tutoriais para que você possa utilizar os recursos da plataforma. Inclusive, tem uma sessão completa para quem quer criar jogos 2D e não sabe por onde começar.

Nesses tutoriais você aprenderá o passo a passo para desenvolver um jogo 2D na Unity, saberá como o Unity Editor e o Screen View podem ser otimizados para 2D, além de ter uma visão geral de como usar os modos de edição e de visualização 2D e como eles ajudam no fluxo de trabalho 2D. Aprenderá também a editar e renderizar sprites, trabalhar a física para jogos 2D, entre outras inúmeras possibilidades.

O que a Unity é capaz de criar?

O que é capaz de criar com a Unity

Como já mencionei acima, a Unity permite criar jogos para mais de 25 plataformas. 27, para ser mais exato. E caso você esteja se perguntando se o dispositivo para o qual deseja desenvolver está nessa lista, dá uma olhada abaixo:

Unity para dispositivos móveis

  • Android
  • iOS
  • Windows Phone
  • Tizen
  • Fire OS

Unity e Realidade Virtual e Realidade Aumentada

  • Oculus Rift
  • Google Cardboard
  • Steam VR
  • Playstation VR
  • Gear VR
  • Microsoft HoloLens
  • Daydream

Unity para desktop

  • Windows
  • Windows Store Apps
  • Mac
  • Linux/ Steam OS
  • Facebook Gameroom

Unity para consoles

  • Playstation 4
  • Playstation Vita
  • Xbox One
  • Wii U
  • Nintendo 3DS
  • Nintendo Switch

Mais plataformas suportadas

Smart TVs: Android TV, Samsung Smart TV e tvOS

Web: WebGL

Jogos criados com Unity

Assassin’s Creed: Identity

Assassin's Creed Identity foi criado na Unity

Desenvolvido pela Ubisoft, o Assassin’s Creed Identity é o segundo game feito exclusivamente para plataformas mobile, depois do Assassin’s Creed Pirates, e foi lançado mundialmente em fevereiro de 2016.

Temple Run Trilogy

O jogo Temple Run Trilogy foi desenvolvido na Unity

Destaque entre os games mobile de 2011, o Temple Run é um jogo de “corrida sem fim” em 3D. Inicialmente, o game havia sido lançado apenas para iOS, mas devido ao seu sucesso ele acabou ganhando versões para Android e Windows Phone.

Deus Ex: The Fall

Exemplo de jogo criado com a game engine, o Deus Ex: The Fall

O RPG de ação Deus Ex: The Fall combina elementos de tiro em primeira pessoa (FPS) e stealth. O game foi lançado em julho de 2013 para sistemas iOS e, mais tarde, ganhou também versões para Android e Microsoft Windows.

Jogos brasileiros criados com Unity

Ballistic Overkill

Ballistic Overkill é um jogo brasileiro criado com Unity

Com gráficos poderosos e muita ação, Ballistic Overkill é o jogo de tiro criado pelo estúdio gaúcho Aquiris. O jogo transforma o jogador em um assassino e permite selecionar entre 7 classes únicas com suas próprias habilidades e armas. Ele chegou a ser finalista no Unity Awards 2013 na categoria Technical Achievement.

Knights of Pen and Paper

Empresa brasileira criou o jogo Knights of Pen na Unity

Também finalista no Unity Awards 2013, na categoria Community Choice, o Knights of Pen and Paper foi um dos primeiros sucessos criados pela Behold Studios, empresa sediada em Brasília. Ele apresenta uma aventura baseada em turnos, com gráficos no estilo retrô e aproveitando a inspiração no RPG e em grandes clássicos dos anos 90.

Como baixar e usar a Unity

O processo para baixar e instalar a Unity é o mesmo para outros programas de computador. É preciso acessar a página da ferramenta para obter a versão mais recente.

Preços

A Unity conta com quatro versões de distribuição. A Personal, que é gratuita, é a mais indicada para iniciantes darem os primeiros passos na ferramenta e também para desenvolvedores independentes.

No entanto, caso o faturamento dos jogos criados na ferramenta ultrapasse os 100 mil dólares em receita bruta anual conforme o Contrato de Licença de Usuário Final (EULA) afirma, é preciso passar a utilizar uma versão paga do programa.

Profissionais que já trabalham na área de jogos e faturam até 200 mil dólares podem optar pela versão Plus, que custa 35 dólares por mês.

Caso a renda do desenvolvedor ultrapasse os 200 mil dólares, é preciso adquirir a versão Pro da Unity, que permite uma renda ilimitada e custa 125 dólares ao mês.

Para grandes empresas de jogos existe ainda a versão Enterprise, que possui recursos e serviços mais personalizados e um valor diferente para cada tipo de demanda.

Neste link é possível ver um comparativo entre as versões e seus recursos.

Requisitos mínimos e sistemas para rodar Unity em seu PC

A Unity pode ser instalada em PCs com Windows, Mac e até Linux – sendo que para essa última opção é preciso acessar um link específico, já que a versão ainda está em desenvolvimento.

Veja a seguir os requisitos mínimos tanto para o programa funcionar em sua máquina quanto para rodar os jogos feitos na ferramenta. Lembre-se que esses requisitos podem variar conforme a complexidade dos seus projetos.

Para desenvolvimento

Sistema operacional: Windows 7 SP1+, 8, 10; Mac OS X 10.8+.

Windows XP & Vista não são compatíveis; e as versões de servidor de Windows & OS X não estão testadas.

Placa de vídeo com suporte a DX9 (shader model 3.0) ou DX11 com suporte a feature level 3.0

Requisitos de desenvolvimento de plataforma:

  • iOS: Computador Mac com OS X 10.9.4 ou superior e Xcode 7.0 ou superior.
  • Android: Android SDK e Java Development Kit (JDK).
  • Windows Store: Windows 8.1 (64 bits) e correspondente Visual Studio e plataforma SDK:
    • Windows 8.1 / Windows Phone 8.1: Visual Studio 2013 ou posterior e Windows 8.1 SDK;
    • UWP: Visual Studio 2015 ou posterior e Windows 10 SDK;
    • O backend de script IL2CPP também requer que o recurso de compilador C ++ seja instalado com o Visual Studio.
  • WebGL: Mac OS X 10.8 ou superior ou Windows 7 SP1 ou superior (apenas editor 64-bit).

Para executar jogos

  • Desktop:
    • OS: Windows XP SP2 ou superior, Mac OS X 10.8 ou superior, Ubuntu 12.04+ ou superior, SteamOS.
    • Placa de vídeo com suporte a DX9 (shader model 3.0) ou DX11 com suporte a feature level 3.0
    • CPU: suporte para o conjunto de instruções SSE2.
  • iOS exige iOS 7.0 ou superior (iOS 6.0 abandonado).
  • Android: OS 2.3.1 ou posterior; ARMv7 CPU (Cortex) com o suporte NEON ou Atom CPU; OpenGL ES 2.0 ou posterior.
  • WebGL: Qualquer versão desktop recente do Firefox, Chrome, Edge ou Safari.
  • Windows Phone 8.1 ou superior.
  • Windows Store Apps 8.1 ou superior.

Para mais informações, acesse este link.

Adeus, Unity 5. Olá, Unity 20XX.

Novas versões da Unity

Em 2017 a Unity implementou um modelo de assinatura. Por causa disso a Unity, que antes apresentava suas versões como Unity 3, Unity 4 e Unity 5, passou a lançar versões anuais (Unity 2017, Unity 2018, etc). O esquema de licença ainda continua, então quem tem licença até a Unity 5 continuará a receber melhorias durante um período.

A versão Unity 2018.1, por exemplo, trouxe otimização na renderização de gráficos com a implementação do Scriptable Render Pipeline (SRP). Dessa forma, os jogos terão mais desempenho, considerando suas necessidades gráficas, sejam eles console ou mobile.

Onde aprender sobre Unity

Onde aprender sobre a game engine

A facilidade de aprendizado é uma das maiores vantagens oferecidas pela engine. E isso se deve principalmente à enorme quantidade de artigos, tutoriais e fóruns sobre a ferramenta.

Aqui no blog nós temos alguns tutoriais feitos por desenvolvedores e alunos da Academia de Produção de Jogos. Confira abaixo:

Onde encontrar tutoriais sobre Unity

  • Seção de tutoriais da Unity – página oficial da Unity com tutoriais e dicas
  • Canal oficial no YouTube – tutoriais passo a passo e dicas em vídeo
  • Unity Wiki – página Wiki alimentada pela comunidade de desenvolvedores em Unity
  • Ray Wenderlich – site focado em programação com uma enorme lista de tutoriais sobre Unity
  • Catlike Coding – site criado pelo desenvolvedor independente Jasper Flick com diversos tutoriais sobre Unity
  • Unity3D Student – apresenta tutoriais e desafios para ensinar e treinar desenvolvedores de jogos

Comunidades e fóruns sobre Unity

  • Unity Community – comunidade oficial para desenvolvedores Unity com fóruns, respostas e mais
  • Made With Unity – página com projetos e games feitos pela comunidade de desenvolvedores Unity
  • Reddit: Unity 3D – fórum no Reddit com novidades, projetos e dúvidas sobre Unity
  • Unity Brazil (official) – comunidade pública com materiais de apoio sobre a game engine
  • Unity 3D Brasil – comunidade no Facebook para desenvolvedores Unity
  • Unity 3D Game Developers – comunidade no Facebook (em inglês) sobre a engine
  • Unity Game Developers – página para obter dicas, notícias e ajuda com desenvolvedores Unity
  • RWForums – Fórum de discussão sobre programação, desenvolvimento de games, entre outros assuntos

Saiba se a Unity é a game engine mais adequada para você

Embora a Unity ofereça muitas vantagens para desenvolvedores experientes ou iniciantes criarem seus jogos, isso não significa que ela seja absolutamente perfeita para qualquer projeto.

Isso pode depender de diversos fatores, como o estilo do jogo, os gráficos que serão utilizados e o nível de polimento necessário para concluir o game.

E para ter certeza de que você não está deixando nenhuma boa opção de fora na hora de desenvolver o seu jogo, dê uma olhada nos guias do Produção de Jogos sobre as game engines listadas abaixo:

Caso você ainda fique confuso para escolher entre as ferramentas acima e a Unity, eu recomendo a leitura do ebook que eu escrevi, com 5 dicas para escolher a melhor game engine para seu jogo. Basta fazer o download do material gratuitamente no link abaixo.

Agora eu gostaria de saber sobre você…

Você já conhecia ou utilizava Unity? Qual é a sua opinião sobre essa game engine?

Aguardo sua resposta aqui nos comentários.

Até a próxima!