Como escolher um bom programa para criar jogos: análise de funcionalidades, recursos e muito mais

0 Flares 0 Flares ×

Quem está querendo entrar no mundo do desenvolvimento de jogos se depara com uma questão muito comum no início, que é: o que é e onde encontrar um bom programa para criar jogos?

Conhecidos por game engines (em português, motores de jogos), esses programas permitem que desenvolvedores independentes e grandes estúdios criem e publiquem seus jogos de maneira mais fácil.

Quer saber qual a melhor forma de escolher um programa para criar jogos? Continue lendo este artigo e confira:

Vamos lá?

Como funciona um programa para criar jogos


Um programa para criar jogos basicamente é capaz de juntar todos os elementos que devem estar presentes em um game em uma única plataforma, a fim de facilitar o desenvolvimento do projeto.

Dessa forma, é possível manusear tanto a parte gráfica de um game como a parte de scripts (programação), inteligência artificial e sistema de colisões que dão vida aos personagens e objetos jogo.

O mais interessante sobre esses programas é que hoje em dia qualquer um pode baixá-los e começar a criar um game.

É possível, por exemplo, utilizar a mesma game engine que as grandes empresas usam para lançar seus jogos de sucesso – ou seja: a qualidade  e chance de sucesso de um projeto pode depender, em parte, da criatividade e das mecânicas utilizadas no game.

A Unreal Engine é um exemplo. Utilizada para criar clássicos como Unreal Tournament, Borderlands e até um dos games da franquia do Batman, ela está disponível gratuitamente com todos os recursos que um desenvolvedor tem direito para fazer sucesso também.

É claro que além do programa é preciso ter conhecimentos básicos sobre como utilizar essas engines, bem como recursos gráficos para compor o cenário e arte do jogo, mas ter acesso a muitas dessas plataformas de forma gratuita já é um grande benefício.

Inclusive, uma outra baita vantagem oferecida na maioria desses programas para criar jogos é a possibilidade de publicar o mesmo jogo em diversas plataformas.

Assim, o desenvolvedor não precisa refazer o jogo inteiro ou partes dele apenas para exportá-lo para celulares, tablets, computadores ou consoles.

E, aliás, se você estiver em dúvida sobre qual o melhor lugar para publicar o seu jogo, dá uma olhada no artigo abaixo. Ali eu falo sobre 20 lugares onde você pode publicar o seu game.

Em que sistemas esses programas funcionam


Um programa para criar jogos pode ser instalado praticamente da mesma forma que qualquer outro software no computador. É preciso apenas verificar se ele é compatível com seu sistema operacional.

Existem diversas opções disponíveis para Microsoft Windows e Mac OS X. E os que usam distribuições Linux também não precisam se preocupar: há programas compatíveis com esse sistema também. Se esse é seu objetivo, conheça antes essas 34 Ferramentas para Criar Jogos no Linux.

Exemplos de programas para criar jogos


Confira a seguir quais game engines você pode utilizar para criar seu jogo:

Unity

Com suporte para três linguagens de programação, a Unity é uma das ferramentas mais poderosas para criação de jogos simples até os mais complexos. Para ter uma ideia, sucessos como a franquia de Angry Birds já foram feitos utilizando ela.

A game engine permite criar jogos para smartphones, tablets, consoles, navegadores e PCs e pode ser utilizada tanto em sistemas Windows quanto Mac OS. Há ainda uma versão para Linux em estágio de teste.

Sua versão gratuita possui alguns recursos limitados e pode ser utilizada por desenvolvedores independentes ou iniciantes. Quem quer explorar mais o programa pode optar pela Professional Edition, que custa US$75 por mês e pode ser testada gratuitamente por 30 dias.

Quer saber mais sobre a Unity? Clique no link abaixo e conheça tudo sobre essa game engine:

Veja também estas duas entrevistas com desenvolvedores de jogos que usam a Unity:

Unreal Engine

A Unreal Engine também é popular por ter feito parte do desenvolvimento de diversos clássicos, como Unreal Tournament, Borderlands e até os games da franquia Tom Clancy’s.

A grande vantagem é que desde 2015 a engine passou a ser gratuita, possibilitando que desenvolvedores independentes tenham acesso à mesma ferramenta utilizada para criar jogos com orçamentos milionários.

O programa apenas passa a ser pago caso o desenvolvedor publique e comercialize um aplicativo no mercado. Quando isso acontece, ele deve pagar 5% em royalties após os primeiros 3 mil dólares por produto e por trimestre.

Para saber mais sobre a Unreal Engine, acesse o link abaixo:

Construct 2

A Construct 2 pode ser uma boa pedida para quem não sabe programar, já que ela possui ferramentas intuitivas e mais fáceis de usar na criação de um jogo.

A engine permite a criação de jogos digitais multiplataforma em 2D baseados em HTML 5 para smartphones, tablets, computadores, navegadores e consoles.

Para saber mais sobre a Construct 2 confira este guia completo que criamos:

Você também pode conferir diversos tutoriais úteis sobre a engine nestes links:

E se você já começou a criar um game utilizando a Construct 2, não deixe de conferir o ebook gratuito com 12 dicas matadoras para você criar jogos usando essa engine:

GameMaker: Studio

A GameMaker também é uma das game engines mais utilizadas por iniciantes no desenvolvimento de jogos. E a vantagem é que ela exporta os games para diversas plataformas: desde a Steam até a Windows Store.

O programa vem com diversos recursos já pré-definidos para criar um jogo sem complicações, como fontes, texturas, sons, músicas, entre outros.

Ele vem com uma edição gratuita, com recursos limitados. Para quem realmente vai explorar a ferramenta e comercializar jogos, a versão Studio Professional pode ser comprada por US$149,99.

Quer saber mais sobre a GameMaker: Studio? Então dá uma olhada neste artigo:

Receba mais materiais como esse e outros que eu só compartilho por email!

Inscreva-se com seu nome e email abaixo:

RPG Maker

A RPG Maker é a queridinha dos criadores de jogos em RPG. Além de ter uma ferramenta simples e fácil de usar ela permite explorar esse estilo de jogo de diversas formas e fazer sucesso.

Para ter uma ideia, a engine está por trás de diversos dos jogos favoritos por jogadores de RPG na Steam, como To The Moon e Labyronia, e permite criar games que podem ser inspirados em clássicos como Final Fantasy, Chrono Trigger, Dragon Quest e Pokemon.

O programa conta com diversas versões diferentes. A mais nova delas, chamada RPG Maker MV, exporta games para Mac OS X, Android, iOS e HTML 5.

Para saber mais sobre a RPG Maker, dá uma olhada no artigo a seguir:

Veja alguns outros nomes muito lembrados quando se fala sobre game engines no mercado de jogos digitais:

Como escolher um programa para criar jogos


Com tantas opções de programas, muitas pessoas podem ter dificuldades para escolher qual desses motores irá aprender para começar o desenvolvimento do próprio jogo.

Embora muitas game engines possuam recursos parecidos e até exportem um jogo para as mesmas plataformas, o desenvolvedor precisa analisar diversos fatores de seu projeto para saber qual programa o ajudará a concluir o projeto com mais facilidade e agilidade.

Por exemplo: caso o desenvolvedor não saiba nada sobre a game engine ou desenvolvimento de jogos, talvez a melhor opção de software seja aquele com uma comunidade mais ativa para ajudá-lo.

Existem outros quesitos importantes para analisar antes de definir uma game engine para seu projeto.

E foi justamente pensando nisso que criei este ebook gratuito, com dicas que irão te ajudar a tomar a decisão certa para seu jogo. Se quiser dar uma olhada, basta clicar no link a seguir para baixar:

Onde saber mais sobre game engines


Uma coisa que é importante saber é que não existe a melhor game engine para todos os tipos e estilos de jogos.

Isso significa que nem sempre a ferramenta mais cara ou mais pesada fará com que seu jogo seja um sucesso.

Para saber do que mais um programa para criar jogos é capaz, confira o artigo abaixo, onde há diversos exemplos sobre as engines e os jogos criados a partir delas:

Uma outra dica interessante para você decidir qual programa para criar jogos escolher é fazer uma avaliação primeiro sobre o seu projeto ou ideia de game.

Em um artigo eu até comento sobre as 4 ferramentas que um desenvolvedor indie utiliza para viabilizar seus projetos de jogo. Se você quiser saber mais sobre isso, basta clicar no link abaixo:

Agora eu gostaria de saber sua opinião:

Qual game engine você escolheria para criar seu jogo? Por quê?

Espero seu comentário na discussão aqui embaixo.

Até a próxima!

Receba mais materiais como esse e outros que eu só compartilho por email!

Inscreva-se com seu nome e email abaixo: